Teatro Fórum com a peça Panchito Gonzalez

No dia 11 de abril de 2017 na Casa Rio, a Companhia Atores da Fábrica encenou o texto “Panchito Gonzalez”, uma adaptação do texto do dramaturgo argentino Osvaldo Dragún. A encenação faz parte o ciclo Teatro e Economia, idealizado pelo Instituto Augusto Boal e o economista Luiz Mario Behnken e teve a participação de Eduardo Pinto, professor da Escola de Economia da UFRJ.

A ideia é promover o debate sobre questões econômicas a partir de cenas teatrais. Esta cena lidava com a questão do desemprego e logo após a encenação, foi realizado um Teatro Fórum utilizando as técnicas de Teatro do Oprimido.

No canal no youtube do Instituto Augusto Boal há todo o material deste dia e o vídeo do Teatro Fórum pode ser conferido neste link.

Exposição Augusto Boal reabre no Rio de Janeiro

“Ser cidadão não é viver em sociedade, é transformá-la” Augusto Boal

FOLDER EXPO BOAL_FCCO Fórum de Ciência e Cultura da Universidade Federal do Rio de Janeiro tem o prazer de acolher a mostra Augusto Boal, que retrata a vida e a obra desse imenso artista carioca. Visitas guiadas, exibição de documentários e palestras complementarão a retrospectiva.

A partir de 9 de abril de 2015, às 18h
Fórum de Ciência e Cultura
Av. Rui Barbosa, 762 – Flamengo
Rio de Janeiro
Tel.: 2552.1195 r. 217

Hélio Eichbauer, curador da exposição, escreveu: “Um país se liberta através da educação e da cultura, luta travada e vencida por um dramaturgo, ensaísta, professor e diretor de teatro que foi Augusto Boal, ao longo de sua vida extraordinária… Uma exposição sobre Augusto Boal envolve seis décadas de história, política, artes cênicas, o percurso de um brasileiro de longo e penoso caminho da ditadura ao processo de Continuar lendo

Em defesa da UFRJ, por um ensino público e democrático

Augusto Boal era formado em Engenharia Química pela UFRJ e tinha muito orgulho disso.  A UFRJ acolheu o acervo do Boal, hoje na biblioteca da Faculdade de Letras.  Essa foi e é a sua casa.

Em defesa da UFRJ pública, democrática, gratuita, de qualidade e transparente

“A UFRJ foi procurada na última quarta-feira pela produção do programa “Fantástico” da Rede Globo de Televisão para se pronunciar a respeito de três pontos: 1.“relatório da Controladoria Geral da União (CGU) sobre desvios de verba na UFRJ desde 2007”; 2.“segundo o relatório, valores pagos, nos últimos cinco anos, pelo Banco do Brasil à UFRJ não entraram no orçamento da Universidade?” e 3. “o Fantástico visitou o alojamento universitário, o Hospital Universitário Clementino Fraga e o Hospital Escola São Francisco de Assis e registrou o mau estado de conservação dessas três unidades. O que causou essa situação?”

A Universidade refuta qualquer insinuação que tenha havido desvio de recursos públicos e repudia a relação entre as supostas irregularidades com o estado precário de algumas de suas instalações. Ainda que tenha estranhado o rol das perguntas, a UFRJ respondeu as questões encaminhadas no sábado, 10 de novembro.

Desde sexta-feira, 09 de novembro, a emissora iniciou a veiculação de chamadas de cunho sensacionalista. Na iminência desse tipo de abordagem na matéria atacar a credibilidade de uma das mais importantes instituições de ensino, pesquisa e extensão do país e, Independentemente do conteúdo do que será veiculado no programa de domingo; a UFRJ sente-se no dever de declarar que nada tem a esconder e está – como sempre esteve – aberta à sociedade brasileira para quaisquer esclarecimentos.”

Assina, Reitoria da UFRJ.

Clique aqui para ver a íntegra das respostas ao email da TV Globo.

V Seminário Memória, Documentação e Pesquisa: Coleções especiais, patrimônio e memória

04 e 05 de Setembro de 2012 | Salão Pedro Calmon, Praia Vermelha
Clique aqui para fazer o download da programação abaixo em .pdf
04 de Setembro (terça-feira)
9h – Abertura da Exposição: As coleções especiais das Bibliotecas da UFRJ
9h30 – Mesa de Abertura
Carlos Levi (Reitor)
Carlos Vainer (Coordenador do FCC)
Paula Mello (Coordenadora do SIBI)
Andréa Queiroz (Diretora da Divisão de Memória Institucional)
09h40 – Conferência: Coleções especiais, patrimônio e memória
André de Araújo (CBG/UFRJ)
Lucia Alves da Silva Lino (MAST)
Marieta de Moraes Ferreira (Instituto de História – UFRJ)
13h30 – Mesa 1: A contribuição das Coleções Especiais das Bibliotecas da UFRJ para o ensino e a pesquisa acadêmica
Coleção Afonso Carlos Marques dos Santos
José Tavares (Biblioteca Pedro Calmon – UFRJ)
Coleção Memória UFRJ
Andréa Queiroz (Divisão de Memória Institucional – SIBI – UFRJ)
Solange Mazzaroto (Biblioteca Pedro Calmon – UFRJ)
Coleção Augusto Boal
Eduardo Coelho (Faculdade de Letras – UFRJ)
05 de Setembro (quarta-feira)
9h30 – Mesa 2: A contribuição das Coleções Especiais das Bibliotecas da UFRJ para o ensino e a pesquisa acadêmica
Coleção Anísio Teixeira
Libânia Nacif Xavier (Faculdade de Educação – UFRJ)
Cristina Jardim (Biblioteca do CFCH – UFRJ)
Coleção Eugênio Gudin
Jane Maria Medeiros (Biblioteca Eugênio Gudin – UFRJ)
Coleção Celso Cunha
Cila Borges (Biblioteca José de Alencar – UFRJ)
Coleção Escola de Serviço Social
Sheila Backx (Escola de Serviço Social – UFRJ)
13h30 – Mesa 3: A contribuição das Coleções Especiais das Bibliotecas da UFRJ para o ensino e a pesquisa acadêmica
Coleção Memória da Psiquiatria Brasileira – IPUB
Cátia Maria Mathias (Biblioteca Professor João Ferreira da Silva Filho – UFRJ)
Coleções Especiais do Observatório do Valongo
Maria Alice Ciocca (Biblioteca do Observatório do Valongo – UFRJ)
Coleção Especial da Escola de Música
Dolores Brandão (Biblioteca Alberto Nepomuceno – UFRJ)
Inscrições gratuitas!
Clique aqui para fazer o download da Ficha de Inscrição, que após preenchida deve ser enviada para o e-mail: andressaqueiroz@sibi.ufrj.br