Entrevista : Conversa com Augusto Boal – Questão de Crítica

A entrevista a seguir foi realizada em 2007 por Dodi Leal e Clóvis Lima, na ocasião alunos do prof. Sérgio de Carvalho no curso de Artes Cênicas da USP. O assunto que motivou o encontro com Boal no CTO-Rio foi levantamento de informações sobre o espetáculo Arena Conta Tiradentes. Felizmente nesta ocasião Boal compartilhou várias reflexões sobre a Estética do Oprimido. Sob a orientação do Sérgio e com prévia autorização do Boal, a conversa foi transcrita e originalmente publicada na íntegra em 2009 na revista eletrônica teatral Questão de Crítica com o título Do Teatro de Arena à estética do Oprimido – Conversa com Augusto Boal.

Trechos da conversa comporão o documentário Espect-ator (realizado pela produtora audiovisual DOArouche) que investiga como iniciativas de TO contribuem para a formação e transformação do espectador teatral e das comunidades. Ainda na fase de montagem, o longa contém cenas e depoimentos dos participantes da V Feira Paulista de Teatro do Oprimido que aconteceu de 30 de maio a 2 de junho de 2013 no Guarujá-SP. O documentário tem previsão de lançamento e circulação para o ano de 2013.

Para mais informações sobre o documentário, acesse o site da produtora audiovisual DOArouche : http://www.doarouche.com/

Para mais informações da Feira que reúne o movimento de coletivos e praticantes de TO em São Paulo, acesse : http://feirapaulistato.blogspot.com.br/

Para ver a publicação original da conversa na revista eletrônica teatral Questão de Crítica, acesse :
http://www.questaodecritica.com.br/2009/05/do-teatro-de-arena-a-estetica-do-oprimido/

Do Teatro de Arena à estética do Oprimido
Conversa com Augusto Boal

Autor: Douglas Leal
Em lembrança viva ao teatrólogo Augusto Boal, falecido no dia 02 de maio de 2009, publica-se a entrevista realizada no Centro de Teatro do Oprimido do Rio de Janeiro em 15 de outubro de 2007 por Douglas Tavares Borges Leal e Clóvis de Lima Gomes sob orientação do professor Sérgio de Carvalho da Universidade de São Paulo e diretor da Cia. do Latão. A entrevista, sem cortes de edição, aborda em especial a fase dos musicais do Teatro de Arena de São Paulo passando por questões da dramaturgia, da crítica, do sistema curinga e do tema do herói e da empatia. Trata também das novas pesquisas do Boal, sobretudo da Estética do Oprimido, projeto teórico e programa político no qual se concentrou nos últimos anos e que teve como propósito o estímulo ao pensamento estético humano por meio do acesso à produção artística. A entrevista contribui para a compreensão de elementos comuns e críticos da trajetória entre o Teatro de Arena e o Teatro do Oprimido e ajuda a refletir sobre as características do teatro brasileiro cuja versão engajada de Boal ganhou proporções mundiais, sendo praticado por milhares de atores, diretores e educadores de todos os continentes. Em 2008, Augusto Boal foi pré-indicado ao Prêmio Nobel da Paz e em 2009 foi nomeado Embaixador Mundial do Teatro pela UNESCO.

Continuar lendo

“Ocupação Boal” começa hoje

Com a curadoria de Sergio de Carvalho, diretor da Companhia do Latão, e de Cecilia Boal, diretora do Instituto Augusto Boal, começa hoje no Sesc Pompeia uma programação que homenageia e revive a obra do autor e diretor teatral Augusto Boal.

Espetáculos teatrais, leituras cênicas, mostra de filmes, shows, workshops e debates contam com a participação de nomes como Lima Duarte,  Lauro César Muniz, Benedito Ruy Barbosa, Chico de Assis e Julian Boal.

Confira toda a programação aqui.

O que a mídia diz

O Estado de S. Paulo – “Seleção da Semana” – 11/11/2012

Folha de S. Paulo, “Guia”- 09/11/2012

Folha de S. Paulo, Revista de S. Paulo – 11/11/2012

Revista Veja São Paulo – 10/11/2012