Homenagem a Inês Etienne, Estrella Bohadana e a todas as vítimas de tortura do Estado

Cartaz OcupaDops7RGB (2)Sábado 27/06 – programação a partir das 16hs:

  • Sarau do Cárcere
  • Esquetes Teatrais de atores da Escola Martins Pena
  • Projeção do curta “Ser Tão Cinzento”, de Henrique Dantas + bate-papo com Sylvio Tendler
  • Homenagem a Inês Etienne Romeu: o Coletivo Criadouro apresenta a esquete “Memórias – Cena Curta a partir de depoimento de Inês Etienne Romeu”
  • Homenagem a Estrella Bohadana
  • Bloco “Filhos da Martins”
  • Exposições: “Saudações Carcerárias” cedida pelo Grupo Tortura Nunca Mais/RJ e “Ausências” do fotógrafo argentino Gustavo Germano
  • Intervenções artísticas, projeções de imagens e depoimentos de amigos e familiares em homenagem a Inês Etienne e Estrella Bohadana
  • Oficina de Stencil e venda de camisetas do Ocupa Dops
  • Pintura de faixas e grafite

Homenagem a Augusto Boal no Salon du Livre, em Paris

F_43e59f92ffbc7359e8c52c873163131e54b7d71e2f7b7É com grande satisfação que o Instituto Augusto Boal comunica que, por iniciativa da curadora Guiomar Lagrammont, será realizada, no dia 23 de março, no Salão do Livro de Paris, uma homenagem ao teatrólogo brasileiro Augusto Boal.

Participarão do evento o teórico de teatro Olivier Neveux, professor da universidade da Sorbonne, e os atores Maurice Durozier, Eve Doé-Bruce e Aline Borsari, membros do Théâtre de Soleil, que farão a leitura para o público de uma entrevista dada por Boal na França durante os anos do seu exílio.

Cabe ressaltar que o Brasil é o país homenageado nesta edição 2015 do Salon du Livre.

A entrevista que será lida durante o evento está disponível no blog.

Sesc Pompeia faz homenagem a Augusto Boal

O diretor e dramaturgo Augusto Boal será o grande homenageado do Sesc Pompeia em novembro.

A unidade da zona oeste receberá atividades variadas que contam um pouco da tragetória pessoal, profissional e política do líder do Teatro de Arena de São Paulo. Boal (1931-2009) criou o Teatro do Oprimido, metodologia que alia teatro à ação social, e influenciou a criação artística de muitos profissionais da dramaturgia dos últimos anos.

Com curadoria de Sérgio de Carvalho (fundador da Companhia do Latão), de Cecilia Boal e do Sesc, a ação Pompeia Conta Boal é formada por um conjunto de encontros artístico-pedagógicos que apresentam o trabalho de Augusto Boal.

A homenagem começa no dia 13/11, com leitura dramática, e segue até o fim do mês, sempre no Sesc Pompeia.

Leia a reportagem completa aqui.