Bibliografia

Em português

  • Jane Spitfire, Rio de Janeiro: Codecri 1977; São Paulo: Moraes 1977, 204 p.
  • Jane Stipfire – edição revisada – RJ – Civilização Brasileira, 2003
  • Duzentos Exercícios e Jogos para Ator e Não-Ator com Vontade de Dizer Algo através do Teatro – RJ – Civilização Brasileira, 1991
  • Teatro do Oprimido e Outras Poéticas Políticas – RJ – Civilização Brasileira, 1985, São Paulo: Cosac Naify 2013, 224 p.
  • Arena conta Tiradentes. São Paulo: Sagarana,1967. São Paulo: Cosac Naify (forthcoming)
  • Crônicas de Nuestra América: O “Gato,” a mulher de Johnny e a bicicleta a motor.–O homem que era uma fábrica.–Processo ao macaco ou ser animal não é atenuante. Nossa Senhora dos Oprimidos.–O cachorro da Rainha e outros cachorros.–O coronel de Maracaibo.–Os ratos e o altar do marido morto.–Acabou a censura.–A gente acaba se acostumando.–A morta imortal, Rio de Janeiro: Codecri 1973, 167 p.
  • Técnicas Latino-Americanas de teatro popular: uma revolução copernicana ao contrário. São Paulo: Hucitec, 1975.
  • Teatro do oprimido e outras poéticas políticas. Rio de Janeiro. Civilização Brasileira. 1975.
  • Jane Spitfire. Rio de Janeiro: Codecri,1977.
  • Murro em Ponta de Faca. São Paulo: Hucitec, 1978.
  • Milagre no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1979.
  • Stop: ces’t magique. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1980.
  • Teatro de Augusto Boal Vol. I: Revolução na América do Sul ; As aventuras do Tio Patinhas ; Murro em Ponta de Faca, São Paulo: Hucitec 1986, 261 p.
  • Teatro de Augusto Boal Vol. II: Histórias de nuestra América ; A lua pequena e a caminhada perigosa ; Torquemada, São Paulo: Editora Hucitec 1990, 152 p.
  • O Corsário do Rei. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1986.
  • O arco-íris do desejo: método Boal de teatro e terapia. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1990. Cosac Naify (forthcoming), 220 p.
  • O Suicida com Medo da Morte. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1992
  • Teatro legislativo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1996.
  • Aqui Ninguém é Burro! Rio de Janeiro: Revan, 1996
  • Jogos para atores e não-atores. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1998. São Paulo: Cosac Naify (forthcoming)
  • Hamlet e o filho do padeiro. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira – 2000; São Paulo: Cosac Naify (forthcoming), 350 p.
  • O teatro como arte marcial. Rio de Janeiro: Garamond, 2003, 2011, 204 p.
  • A Estética do Oprimido. Rio de Janeiro, 2009, numa parceria entre a Funarte, o Ministério da Cultura e a Editora Garamond. São Paulo: Cosac Naify (forthcoming), 254 p.
  • A Tempestade: duas peças, Lisboa: Platano editora 1977, 204 p.
  • Categorias do teatro popular, São Paulo: Hucitec 1979, 212 p.
  • Stop: c’est magique, Rio de Janeiro: Civilização Brasileira 1980, 163 p.
  • Arena Conta Bolivar, 1969/1970
  • Tio Patinhas e a Pílula, 1974
  • As Aventuras do Tio Patinhas, in Teatro de Augusto Boal, São Paulo: Hucitec 1986-88
  • A Barraca Conta Tiradentes, 1977
  • Mulheres de Atenas
  • Milagre no Brasil, Rio de Janeiro: Civilização Brasileira 1979, 291 p.
  • O Corsário do Rei, Rio de Janeiro: Civilização Brasileira 1986, 132 p.
  • O Suicida com Medo da Morte, Rio de Janeiro: Civilização Brasileira 1992, 258 p.
  • Aqui Ninguém é Burro!, Rio de Janeiro: Revan 1996, 142 p.
  • Teatro de Augusto Boal: Colecção de peças de teatro São Paulo: Cosac Naify (forthcoming)

Em alemão

  • Teatro do oprimido e outras poéticas políticas, Germany: Suhrkamp 1979 (actually in its 12th edition), Schauble 1982
  • Ehemann mager, Frau flachl Verlag der Autoren, 1957.
  • Revolution auf südamerikanisch. Verlag der Autoren. 1960.
  • José von der Wiege bis zur Bahre. Verlag der Autoren, 1961.
  • Arena erzählt Zumbí. Verlag der Autoren, 1965.
  • Kriegszeit. Verlag der Autoren, 1967.
  • Theaterzeitung, Erstausgabe. Verlag der Autoren, 1970.
  • Das große internationale Abkommen des Onkel Sam. Verlag der Autoren, 1971.
  • Torquemada (entstanden während seiner Haft in Brasilien). Verlag der Autoren, 1971.
  • Mit der Faust ins offene Messer, ISBN 3-88661-035-7
  • Marido Magro, Mulher Chata, Germany: Verlag der Autoren 1957
  • José, do Parto à Sepultura, Germany: Verlag der Autoren 1961
  • Revolução na América do Sul, Germany: Verlag der Autoren 1960
  • Arena Conta Zumbi, Germany: Verlag der Autoren 1965; Eirich Verlag 1965 (1985)
  • Tempo de Guerra, Germany: Verlag der Autoren 1967
  • Crônicas de Nuestra América: O “Gato,” a mulher de Johnny e a bicicleta a motor.–O homem que era uma fábrica.–Processo ao macaco ou ser animal não é atenuante. Nossa Senhora dos Oprimidos.–O cachorro da Rainha e outros cachorros.–O coronel de Maracaibo.–Os ratos e o altar do marido morto.–Acabou a censura.–A gente acaba se acostumando.–A morta imortal, Germany: Verlag der Autoren 1993
  • Murro em Ponta de Faca, Germany: Verlag der Autoren 1990
  • Jogos para atores a não-atores, Germany: Suhrkamp 1989, 2013
  • Hamlet e o filho do padeiro, Austria: Mandelbaum 2013

Em bahasa indonésia

  • Teatro do oprimido e outras poéticas políticas, Indonesia: Kelola Foundation

Em dinamarquês

  • Lystens regnbue – Boals metode for teater of terapi, Drama, 2000.
  • Spil! – øvelser og lege for skuespillere og medspillere, Drama, 1995.
  • Teatret som krigskunst (O Teatro como arte marcial). Tradução de Niels Damkjær, 2004.

Em espanhol

  • Categorias de Teatro Popular. Buenos Aires: Ediciones Cepe, 1972.
  • La Estética del oprimido (2006 e 2012) (tradução de Joana Castells Savall) – Barcelona: Alba Editorial
  • El Arcoiris del Desejo – Del Teatro Experimental a La Terapia (tradução de Jorge Cabeza) – Barcelona: Alba Editorial
  • El Teatro del Oprimido. Spain: Ediciones De La Flor 1974, Alba Editorial 2009 (texto atualizado por Augusto Boal e traduzido por Graciela Schmilchuk)
  • Juegos para Actores y no Actores, Spain: Ediciones de Crisis 1975; Alba 2004 (tradução de Mario Jorge Merlino)
  • Torquemada, La Habana: Casa de las Américas 1972, 310 p.
  • Técnicas Latino-Americanas de teatro popular: uma revolução copernicana ao contrário, Argentina: Ediciones Cepe 1972, Corregidor 1975 ● Spain: Arte Acción

Em finlandês

  • Draamaa ja teatteria yhteisöissä, Ventola&Renlund (toim.), 2005.

Em francês

  • Théâtre de l’opprimé. Éditions La Découverte, 1996.
  • Jeux pour acteurs et non-acteurs. Éditions François Maspero, 1978; La Découverte 1997
  • Pratique du théâtre de l’opprimé. Centre d’étude et de diffusion des techniques actives d’expression, 1983.
  • Stop ! c’est magique. Éditions Hachette, 1980.
  • Méthode Boal de théâtre et de thérapie. Éditions Ramsay, 1990.
  • L’Arc-en-ciel du désir. Éditions La Découverte, 2002.

Em grego

  • Jogos para atores a não-atores, Greece: Sofia Publications 2014

Em inglês

  • Theatre of the Oppressed. Londres: Pluto Press, 1979, 2008 ● US: Theatre Communications Group 1985, 2011
  • Games for Actors and Non-Actors. London: Routledge, 1992.
  • The Rainbow of Desire. London: Routledge, 1995.
  • Legislative Theatre: Using Performance to Make Politics. London: Routledge, 1998.
  • Hamlet and the Baker’s Son: My Life in Theatre and Politics. London: Routledge, 2001; Taylor & Francis, Inc. 2001
  • The Aesthetics of the Oppressed. London: Routledge, 2006.

Em italiano

  • Teatro do oprimido e outras poéticas políticas, Italy: La Meridiana 2011
  • A estética do oprimido, Italy: La Meridiana

Em lituano

  • Teatro do oprimido e outras poéticas políticas, Lithuania: House of Art and Education
  • Teatro legislativo, Lithuania: House of Art and Education

Em norueguês (bokmål)

  • De undertryktes teater, 1974.
  • Teatro do oprimido e outras poéticas políticas, Norway: (publishing house unknown) 2001
  • Games for Actors and Non-Actors, 1992.
  • The Rainbow of Desire, the Boal Method of Theatre and Therapy, 1995.

Em polonês

  • Jogos para atores a não-atores,  Poland: Cyklady/Drama Way
  • Teatro do oprimido e outras poéticas políticas, Poland: PWN

Em sueco

  • De förtrycktas teater, tradução de Marianne Eyre & Loreta Valadares. Stockholm: Gidlund [Sweden], 1979.