Sambóperas

No ano de 1999 Augusto Boal estreia em seu teatro um novo gênero, denominado por ele sambópera. O gênero dedica-se à um trabalho de releituras de clássicos da ópera para o contexto da virada do século XX no Brasil.

A multiculturalidade é a característica principal do gênero criado pelo autor, que traduz as músicas clássicas originais para ritmos genuinamente brasileiros.

Sua primeira peça montada neste sentido foi Carmen. A sambópera Carmen, de Boal, é adaptação da ópera de Georges Bizet, homônima. A montagem teve a tradução para o português e adaptação para o teatro feita por Boal, a elaboração da poesia por Celso Branco, e a direção musical é assinada por Marcos Leite.

Reprodução de cartaz, peça de Algusto Boal, acervo Cecilia Boal

Cartaz da peça encenada no CCBB do Rio de Janeiro. Disponível em nosso acervo: http://www.acervoaugustoboal.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s