Exposição Augusto Boal reabre no Rio de Janeiro

“Ser cidadão não é viver em sociedade, é transformá-la” Augusto Boal

FOLDER EXPO BOAL_FCCO Fórum de Ciência e Cultura da Universidade Federal do Rio de Janeiro tem o prazer de acolher a mostra Augusto Boal, que retrata a vida e a obra desse imenso artista carioca. Visitas guiadas, exibição de documentários e palestras complementarão a retrospectiva.

A partir de 9 de abril de 2015, às 18h
Fórum de Ciência e Cultura
Av. Rui Barbosa, 762 – Flamengo
Rio de Janeiro
Tel.: 2552.1195 r. 217

Hélio Eichbauer, curador da exposição, escreveu: “Um país se liberta através da educação e da cultura, luta travada e vencida por um dramaturgo, ensaísta, professor e diretor de teatro que foi Augusto Boal, ao longo de sua vida extraordinária… Uma exposição sobre Augusto Boal envolve seis décadas de história, política, artes cênicas, o percurso de um brasileiro de longo e penoso caminho da ditadura ao processo de redemocratização de um país formidável que é o Brasil, sobrevivente do despotismo colonial escravocrata, de malogradas revoluções liberais, um país de mártires e heróis. A saga da América Latina entre déspotas e libertadores! Para tamanha magnitude, falta sempre alguma coisa, o espaço é sempre pequeno. Uma grande vida não cabe em nenhum lugar…”
Boal nasceu em 1931, na Penha Circular e desde muito jovem, como diz sua esposa, Cecília Thumin Boal, dedicou sua vida a pensar. Ele “gostava de pensar, e convidar todos e todas a pensar com ele.”

O acervo da exposição abrange seis décadas de uma produção engajada e reflexiva, que vai desde o Teatro de Arena de São Paulo aos anos de exílio, quando desenvolveu e consolidou – trabalhando em diferentes países – seu método do Teatro do Oprimido, ajudando a criar grupos que seguem aplicando suas práticas.

A todos, Cecília lembra que Boal costumava dizer: “podem se aproximar, cheguem mais perto, bem perto”. É a que o Fórum de Ciência e Cultura convida a todos: cheguem mais perto desta exposição, pois assim estarão chegando mais perto de Boal e de um pedaço do Brasil de tantas lutas.

FÓRUM DE CIÊNCIA E CULTURA – UFRJ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s