AUGUSTO BOAL – Atos de um percurso

“Livro-catálogo que procura dividir o trabalho artístico
e político de Augusto Boal em fases para que algo de seu
movimento – interno e externo – possa ser visualizado. Seguimos
aqui a sugestão desse artista-químico, que gostava de separar os
elementos, sabendo ser essa intervenção uma suspensão sempre
algo abstrata que visa à realização do concreto. Que o registro
– feito de testemunhos e fragmentos colhidos por gente animada
com o conhecimento das coisas transmitido por Boal – dê também
algum testemunho da sua impressionante alegria. Só alguém que
conheceu de perto a ‘nefasta e mortal Melancolia’ seria capaz de
uma obra tão avessa à resignação e ao conformismo, voltada para
a colaboração com o outro da história.” Sérgio de Carvalho.

Este belo texto de Sergio de Carvalho inaugura o catálogo da exposição

A química é quase perfeita

Quase, como o ideal, para que sempre fique algo mais a ser feito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s