mas nem tudo foram flores…

como na vida de qualquer pessoa, também existiram episodios muito ruins que a gente gostaria de esquecer

um deles foi a volta do Boal pro Rio em 86 quando montou a sua peça “O corsário do Rei”

numa mesa redonda organizada por Zuenir Ventura Boal foi massacrado

do meu ponto de vista a questão não foi a qualidade ou falta de qualidade da peça

a questão  foi a falta de respeito com que foi tratado um homem que voltava para o seu país

o senhor Ricardo Petraglia, ator, cometeu a pérola de dizer que “Boal teve a sorte de ter se exilado”

pérola histórica que merece ser lembrada em tempos de Comissão da Verdade

como Corsarioeu participei dessa montagem escrevi um pequeno texto que reproduzo agora

Obrigada Pasquim!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s