Colóquios e Exposições sobre os 50 anos do Golpe

1) Exposição “Resistir é Preciso…”, criada pelo Instituto Vladimir Herzog, é um projeto pioneiro, de longo alcance, que apresenta fragmentos da história do Brasil, a partir das publicações e das pessoas – jornalistas, escritores, estudantes e ativistas políticos – que resistiram à ditadura militar brasileira através da palavra impressa.

Local: CCBB (Rua Primeiro de Março, 66, Centro)
Data: Até 28 de Abril
Link: http://www.resistirepreciso.org.br/ccbb/

2) Exposição “Em 1964 – Arte e cultura no ano do golpe”

O Instituto Moreira Salles dedicará parte de sua programação anual para discutir os 50 anos do golpe militar que instalou a ditadura no Brasil. Em 1964 propõe uma imersão neste momento decisivo para o país a partir do ponto de vista de artistas e intelectuais cujos acervos estão sob a guarda do IMS ou que têm vínculos diretos com suas atividades.
Local: IMS (Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea)
Data: até 23 de Novembro
Link: http://www.artehall.com.br/agenda/em-1964-arte-e-cultura-no-ano-do-golpe-no-instituto-moreira-salles-rio-de-janeiro/

3) Exposição “50 Anos Depois do Golpe”

Com direção artística de Luiz Fernando Lobo e cenografia de J.C. Serroni, a exposição irá utilizar dois mil metros quadrados do Armazém da Utopia para estimular o público a revisitar os acontecimentos e ideais da época. Através de imagens históricas, instalações interativas e intervenções cênicas distribuídos em doze ambientes. Além da exposição, a programação envolve também a realização de apresentações artísticas, debates e leituras dramáticas de textos da época.
Data: até 12 de Abril
Local: Armazém da Utopia (Av. Rodrigues Alves, Armazém 6, Cais do Porto)
Link: http://armazemdautopia.com.br/
4) Mini-curso Cinema e Ditadura Civil-militar no BrasilEste curso pretende discutir como se travaram as batalhas de memória em torno da ditadura civil-militar, consolidando determinados mitos e constituindo inúmeros silêncios. Para tanto, utilizaremos o cinema como espaço privilegiado de observação, a partir da análise da produção cinematográfica brasileira sobre a ditadura.
Data: Até 7 de junho (Inscrições encerradas)
Link: http://cpdoc.fgv.br/escs/cinema-e-ditadura

5) Colóquio Internacional “Trabalhadores, golpes, ditaduras”
A especificidade deste colóquio reside em uma tripla justificativa: de um lado, sua ênfase temática na ação coletiva dos trabalhadores na conjuntura que levou ao golpe e durante a ditadura; de outro lado, sua ênfase teórica, na importância da dinâmica dos conflitos sociais para o entendimento dos fenômenos políticos; por fim, em sua abertura para análises comparativas internacionais, bem como para o entendimento do grau de articulação entre processos internos e conjunturas externas.
Data: 14/04 – 16/04
Link: http://trabalhadoresgolpesditaduras.wordpress.com/

6) Palestra “Justiça de transição na virada do século: memória e democracia na América Latina no início do séc. XXI” com Prof. José Maria Gomez e Prof. Maria Elena Rodriguez
Local: Salão Pedro Calmon do Palácio Universitário (Cidade Universitária)
Horário: 18h Org.: Coordenação do curso de Relações Internacionais da UFRJ
Data: 11 de Março
7) Exibição do documentário “Verdade 12.528” (2013, de Paula Sacchetta e Peu Robles) Local: CCJF (Av. Rio Branco, 241, Centro)
Horário: 18h // Org.: Coletivo RJ
Data: 12 de Março

8) Debate “Produção de Verdade, Memória e Justiça. Experiências de lutas na Região do Condor” com José Maria Gómez, Marildo Menegat, Adriano Pilatti e Victoria Grabois & Lançamento do Livro “Caminhos de resistência. As lutas por verdade e justiça na Argentina contemporânea: uma cartografia” de Telma Lilia Mariasch Local: Auditório da Escola de Serviço Social da UFRJ (Praia Vermelha) Horário: 18h // Org.: Revista Praia Vermelha
Data: 12 de Março

9) Seminário “50 Anos do Golpe Militar – O Brasil que nós perdemos”
Local: Anfiteatro da UERJ Horário: 9h às 19h
Data: 13 de Março

10) 50 anos do golpe e resistência democrática Exibição do Filme “Dossiê Jango” (2012), seguido de debate
Local: PUC Horário: Org.: Departamento de Direito PUC-Rio, Núcleos de Estudos Constitucionais e Núcleo de Direitos Humanos
Data: 13 de Março

11) Ato “50 anos contra o golpe: As reformas de base e o Brasil que queremos hoje”
Horário: 15h Concentração: Central do Brasil
Org.: CTB-RJ CUT-RJ, CSP-CONLUTAS, DCE-UFRJ, FAFERJ, FAMERJ, PCB, PCdoB, PCR,PDT, PPL, PSB, PSTU, PT, PSOL, UJS, UNE, MST, OAB, MNDH, ANAPAP, CEASIG, SENGE-RJ, DCE-UFF, SINFA-RJ, UEES-RJ, SINTTEL-RIO, UEE-RJ, UBEJ
Data: 13 de Março

12) Mesa temática: Liberdade e direitos nos 50 anos do golpe civil-militar no I Congresso dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro com Ana Arruda Callado, Álvaro Caldas, Marialva Barbosa. Mediação: Randolfo de Souza
Local: Sindicato dos Jornalistas (Rua Evaristo da Veiga, 17º andar)
Horário: 19h
Data: 14 de Março
13) Painel: Militares e Civis no Golpe com Aluízio Alves Filho, Bolivar Meireles, Carlos Eugênio Clemente Paz e Fabiano Farias no Seminário do Modecon (Movimento em Defesa da Soberania Nacional)
Local: ABI (Rua Araújo Porto Alegre, 71, Centro)
Horário: 17h30 às 20h
Data: 17 de Março

14) Seminário “50 anos do Golpe Militar”
Local: Campus Três Poços – Centro Cultural, Volta Redonda
Horário: 19h
50 anos do Golpe e Resistência Democrática (PUC-RJ)
De 11h às 13h
Abertura: Pe. Josafá de Siqueira
MESA: Repressão e Resistência NA PUC-Rio com Margarida de Souza Neves e José Carmelo B. de Carvalho; De 15h às 18h: Exibição do filme “Cidadão Boilesen”, 2009 (Direção de Chaim Litewski); De 19h às 21: MESA: Projeto Político-Econômico da Ditadura
Local: PUC-Rio
Org.: Departamento de Direito PUC Rio, Núcleo de Estudos Constitucionais e Núcleo de Direitos Humanos
Data: 18 de Março

15) Seminário 50 anos do Golpe Militar
Mesa Temática: “Trabalhadores e a Resistência à Ditadura Militar”;
Local: Campus Aterrado, Volta Redonda
Horário: 19h
Data: 19 de Março

16) 50 anos do golpe e resistência democrática
Local: PUC Rio
De 11h às 13h: MESA: MEMÓRIA, VERDADE E JUSTIÇA com membros da Comissão Estadual da Verdade e representantes do projeto PUC/ FAPERJ “Políticas Memoriais”.
De 15h às 18h: Exibição do filme “VERDADE 12.528”, 2013 (Direção e Produção de Paula Sacchetta e Peu Robles)
De 19h às 21: Festival de Música de Protesto / DCE PUC-Rio
Org.: Departamento de Direito PUC-Rio, Núcleo de Estudos Constitucionais e Núcleo de Direitos Humanos
Data: 19 de Março

17) Debate “O caso Vladimir Herzog” com Zuenir Ventura e Ivo Herzog e mediação de Kennedy Alencar (CBN)
Local: CCBB
Horário: 18h30
Data: 19 de Março

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s