O Teatro do Oprimido na Universidade | Érika Oliveira

O Teatro do(a) Oprimido(a) pode ser usado nas pesquisas realizadas dentro da Universidade? Estudos sobre violência contra a mulher no campo da Psicologia.

O trabalho com Teatro Fórum que realizei durante minha pesquisa de doutorado nasceu do meu desejo em discutir questões de gênero e violência contra a mulher numa sociedade que, por vezes, culpabiliza as mulheres pelas violências sofridas em seu cotidiano, muitas vezes dentro de suas próprias casas. Seu objetivo principal era, sobretudo, dar visibilidade ao tema, levando-o para diferentes segmentos populacionais compostos tanto por mulheres como por homens, para disparar conversas “não inocentes” (HARAWAY, 1995) sobre uma prática que tem, atualmente, mobilizado a opinião pública por meio não apenas da divulgação da Lei Maria da Penha, como também pela possibilidade de acompanhar as repercussões de sua aplicação através de noticiários, redes sociais, blogs, dentre outras tecnologias sociais. A revisão do enquadramento teórico sobre violência contra a mulher permitiu constatar o quanto as mulheres são, ainda, tratadas como seres abjetos (BUTLER, 2010), inumanos, seja porque violências contra elas são naturalizadas e reproduzidas na sociedade brasileira, seja porque as políticas para o enfrentamento ainda se mostram um tanto problemáticas, demonstrando que os espaços destinados ao combate da violência ainda são povoados por discursos machistas, culpabilizadores, maniqueístas (…)

Clique aqui para baixar o texto completo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s